Feliz Ano Novo !!!!!!!!

Feliz Ano Novo... Agradeço a todos leitores que contribuem para minha evolução... Desejo que Deus ilumine seus caminhos, com muita paz, harmonia, felicidade, saúde e sucesso... Feliz Ano Novo... Que sua estrela brilhe ainda mais no próximo ano... Que nossos trabalhos sejam destaque... Que nossa evolução seja linear crescente.... Abraços... Tharso José Foletto Blasckesi Mensagens Para Orkut - MensagensMagicas.com

Direção e Produção do Blog

Minha foto
São Gabriel, RS, Brazil
Bacharel em Gestão Ambiental - UNIPAMPA

O que você acha da Globalização?

Meus Vídeos Interessantes

Loading...

Biodiversidade: Ambiente Desejável!!!!!!

Biodiversidade: Ambiente Desejável!!!!!!
Lagoa Samuara - Caxias do Sul - RS - Brasil

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

"SISTEMAS AGROSILVIPASTORIL: BIODIVERSIDADE, FOTOSSÍNTESE, CICLAGEM DE NUTRENTES, FIXAÇÃO NITROGÊNIO E APORTE DE CARBONO NO SOLO."

















































Uma modalidade agrícola vem abrindo fronteiras na nova agricultura sustentável...neste caso os Sistemas Agrosilvipastoris são tecnologias de biodiversificação de espécies em determinadas áreas de cultivo, lembrando que geralmente no Sistema Agrosilvicultura fazemos a integração entre o cultivo de espécies silviculturais com cultivo de espécies agrícolas anuais ou perenes (fruticultura). O Sistema Silvipastoril é baseado na integração do silvocultivo com as pastagens e a criação de animais, principalmente bovinos, suínos, caprinos e ovinos. Mas Também, podemos relacionar todos estes cultivos (Agricultura, Silvicultura e Pecuária) num sistema denomidado AGROSILVIPASTORIL. Outras culturas podem também serem agregadas como a Apicultura (Polinização da Espécies Vegetais), Psicultura (Oxigenação Fontes de Água) e a Olericultura. São sistemas muito bem adaptados as pequenas propriedades rurais, onde há melhorias em todos os fatores de produção como renda, fertilização natural ou orgânica, controle biológico, entre outros.

Vale lembrar, que no caso da silvicultura, devemos preferencialmente optar por espécies nativas da região, pois já estão aclimatadas a todos fatores físicos, químicos e biológicos como clima, solo, ph, temperatura, índice de precipitação pluvial, altitude, recursos hídricos, pragas, doenças entre outros... e principalmente por resgatar a vegetação nativa do ambiente... todo o sistema biológico é regenerado. Atualmente diversas áreas gigantescas de nossa Floresta Amazônica estão sendo devastadas e degradadas para práticas monoculturais agrícolas, para produção de culturas anuais, como soja, milho, arroz, algodão, sorgo e pastagens para alimentação da bovinocultura intensiva (confinamento + silagem + ração) e extensiva (pastagem).

Com todas estas depredações ao ambiente natural da Amazônia estamos diminuindo as áreas verdes de florestas nativas, a evapotranspiração, a umidade dos solos, o ambiente florestal, a fotossíntese das plantas e algas, a produção de oxigênio e água resultantes, a biodiversidade dos locais de mata extintos, o controle biológico, a regeneração, perpetuação e diversidade das espécies estão sendo reduzidos a níveis máximos.
O equilíbrio em regiões nativas de mata e a biodiversidade são fatores extremamente importantes até mesmo as consequências do aquecimento global, falta de controle biológico no número de espécies como insetos e redução de espécies como o Martim-pescador que são aves potencialmente ameaçadas de extinção pela redução do habitat, poluição dos rios e envenenamento por pesticidas.

Fator este último que está diretamente ligado a agricultura e a degradação do ambiente, pois se tratando a abertura de clareiras na Região Amazônica para cultivo e pecuária está desde já integrando as políticas de aplicação de pesticidas para controle de pragas e doenças que aumentam sua concetração devido a falta de diversidade, controle biológico, falta de alimento e monocultivo exagerado.

Devemos manter o ambiente inerte de aplicação e poluição dos pesticidas agrícolas, pois além de contaminar o ambiente, reduzir a biodiversidade, são agentes importantes a sintetização de potenciais mutágenos e neoplásicos no ambiente através de alimentos, animais e até mesmo neoplasia humana (câncer de pele, intestino, fígado entre outros orgãos).
A mutagênese é uma área da biologia, mais precisamente da genética que estuda os potenciais mutágenos através de testes in vitro e in vivo de bactérias, animais, como também vegetais para estudo científico e comparação das substâncias através do controle negativo e positivo de potenciais mutágenos no ambiente, natureza e seres humanos. Ou seja, identifica potenciais mutágenos a serem estudados cientificamente dentro das espécies.

Outro fator importante são as madereiras que fazem a combustão do material derivado da devastação florestal, com objetivo de obter carvão ou alimentação energética. Em consequência, a queima da madeira libera Carbono através do CO2 na atmosfera e principalmente METANO, que é ainda mais agressivo e agente do Aquecimento Global.


As alternativas para minimizar os impactos ambientais, sem reduzir a produção de alimentos, tão importantes ao combate a fome no mundo e nas desigualdades sociais , são inicialmente optar pelo equilíbrio natural do agrosistema ecológico, manter a vegetação nativa ou regenerar as espécies naturais de determinada região, procurar utilizar novas tecnologias como sistemas agropastoris, plantio direto, rotação de culturas, cobertura morta, adubação verde.
Recuperação de áreas degradadas física (estrutura, composição, textura), química (ph, CTC, nutrientes, minerais e poluentes) e biologicamente (biodiversidade de macro e micro organismos), minimizar utilização de pesticidas agrícolas, optar sempre que possível pela adubação orgânica que libera gradualmente os minerais para as plantas, pela introdução de nutrientes não mineriais pois estes são mais voláteis e tem pequeno ciclo ativo nos solos, pela incomporação da matéria-orgânica e pela fertilização gradual dos solos.

As leguminosas como feijão, soja, ervilha entre outras espécies, são muito importantes na fixação natural de Nitrogênio no solo através da simbiose de bactérias (rizóbios) do solo e nódulos inoculados nas raízes destas espécies vegetais. É muito interessante e rentável este processo de fixação de Nitrogênio se tratando pelo valor que a Uréia alcança nos custos de produção agrícola. É uma técnica natural que melhora a estrutura e fertilidade dos solos.

A fruticultura pode ser uma forte aliada ao sistema agropastoril beneficiando a presença de aves e insetos, como as abehas, para disseminação das sementes e reprodução das espécies. Vale lembrar que num processo agrosilvopastoril as abelhas são muito importantes para realizar a fecundação assexuada das diferentes espécies vegetais nas épocas de florescimento destas.

O aporte de Carbono é realizado por qualquer espécie vegetal, pois através da fotossíntese, que é o processo realizado por seres autotróficos, ou seja, produzem seu próprio alimento, no caso todos os vegetais, onde retiram Carbono, do Dióxido de Carbono (CO2) ligado numa reação química com a Água (H2O), para formar a Glicose (C6H12O6) que é armazenada como fonte de energia para planta, adiciona Oxigênio (O2) na atmosfera e libera água ao ambiente através do orvalho produzido pela respiração celular das plantas... Através da Equação Geral da Fotossíntese podemos verificar a formação da Glicose:


FOTOSSÍNTESE: FORMAÇÃO DA GLICOSE

12H2O + 6 CO2 --------> 6 O2 + C6H12O6 + 6 H2O


ÁGUA + DIÓXIDO DE CARBONO -----> OXIGÊNIO + GLICOSE + ÁGUA


A ciclagem dos nutrientes pode ser observada através da integração de culturas de espécies de porte baixo, raízes superficiais e outras de porte alto e raízes profundas.
Estas últimas tem a capacidade de buscar através do grande tamanho das raízes, penetrar em profundidade alta nos solos e extrair para superfície maior quantidade de nutrientes e minerais essenciais ao desenvolvimento das culturas anuais e perenes. Todo o composto ou material morto que cobre a camada do solo é transformado em adubo orgânico através dos microorganismos e as plantas absorvem novamente através das raízes.

A existência de cobertura vegetal, por mais que seja uma cultura invasora é muito importante ao solo, pois faz toda a proteção contra os diferentes tipos de erosão, principalmente a redução ou amortecimento da energia cinética provenientes da chuva e carregadas nas partículas de água no momento do choque entre a partícula e o solo, onde é carreado muita quantidade do mesmo para as fontes de água, caracterizando o tipo mais simples de erosão hídrica, laminar ou em sulcos, posteriormente formação de voçorocas.

O cultivo convencional de aragem e gradagem está sendo extinguido gradualmente, pois favorece a queima dos nutrientes mais essenciais e presentes em maior quantidade no Horizonte A do solos (camada superficial do solo), como também afeta diretamente na estrutura do solo, biodiversidade, redução de nutrientes, monocultura, extinção do controle biológico, espécies nativas, fertilidade, ph entre outras características químicas, físicas e biológicas do ambiente.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

DESIGUALDADES SOCIAIS???? Até quando????
































































As Desigualdades Socais fazem de nosso planeta um sistema injusto de convivência entre as pessoas, gerando desigualdades sociais e, consequentemente, desencadeia um processo de extinção de oportunidades a pessoas de classes sociais menos influentes. Podemos avaliar nestas imagens, fortes e chocantes, que a criatividade é uma das características mais normais entre pessoas desfavorecidas socialmente. Como podemos ver, o cidadão rico usa um sapato de couro de Jacaré, totalmente insustentável. Enquanto o cidadão pobre, além de utilizar de sua criatividade utiliza um chinelo totalmente ecológico, onde ele produziu através de uma garrafa pet que é tão encontardo na atualidade junto ao ambiente e traz impactos visuais em nossa natureza. Tem um ciclo de decomposição relativamente grande por ser um produto sintético derivado do petróleo.

As alças do chinelo é produzida de material têxtil, ou cintas de pano. São todos materiais que poderiam estar diante de nossa natureza. Acredito que o início para um mundo menos desigual seria FORNECER OPORTUNIDADES para estas pessoas alienadas da sociedade, que pudessem através da EDUCAÇÃO, demonstar sua CRIATIVIDADE e a partir daí dar uma base de conhecimentos e oportunidades para estas pessoas se manterem na EDUÇÃO, com um salário digno de trabalhador, com seus direitos garantidos e em consequência FORMAR e FORMATAR estes talentos dentro de uma UNIVERSIDADE para termos mão-de-obra qualificada e criativa.

VOCÊ JÁ SE COLOCOU NO LUGAR DELES????

OU AINDA VAI CONTINUAR VIRTUALIZANDO QUE ELES NÃO EXISTEM?????

VAMOS FAZER UMA TERAPIA???

OLHE MINHAS IMAGENS POSTADAS E TENTE GRAVAR CADA UMA DELAS NA SEQUÊNCIA....

A PARTIR DAÍ FECHE OS OLHOS E TENTE RELEMBRAR CADA UMA DESTAS IMAGENS SUBSTITUINDO OS PERSONAGENS POR VOCÊ!!!!!

AGORA SINTA AS DIFICULDADES QUE ESTAS PESSOAS ENCONTRAM HOJE E SEMPRE EM SUAS VIDAS!!!!


SE VOCÊ SE COLOCOU NO LUGAR DELES....ENTÃO AJUDE A ESTA PESSOA SE LEVANTAR DO CHÃO, DOS SEUS PÉS, E TER UMA VOZ ATIVA.....
VAMOS DAR UM BASTA NISTO, E LEVANTA TEU IRMÃO DO CHÃO, POIS ELE É FEITO DAS MESMAS MATÉRIAS (COMPOSIÇÃO QUÍMICA, FÍSICA E BIOLÓGICA):
-CARBONO, HIDROGÊNIO, OXIGÊNIO, NITROGÊNIO, ETC...
- MOVIMENTOS, ENERGIAS, ETC...
- MÚSCULOS, OSSOS, ÓRGÃOS, SANGUE, ETC....

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

SUSTENTABILIDADE NA MÍDIA!!!













































Durante meu curto espaço para entretenimento utilizei a mídia do Programa de Jô Soares ontem para absorver um pouco de conhecimento através de entrevistas a seus convidados. Iniciando nossos trabalhos, nesta postagem já temos a imagem do maior e sábio em ambientalista. Visão profunda dos fatos.CHICO MENDES. Justamente nesta noite estava lá nosso honrado Ministro do Meio Ambiente Carlos Minc. Foi uma entrevista muito agradável, mas com contras a respeito da propaganda política embassada nos fatos positivos e neles sendo atribuídos a participação do Excelentíssimo Sr. Presidente Luis Inácio Lula da Silva e sua Ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff . Apesar destes pontos publicitários, a entrevista estava muio interessante, pois foi retratado as questões da Amazônia e seus madeireiros ilegais, as prissões ocorridas naquela região, e os projetos para melhorar a economia da Amazônia sufocando o desmatamento ilegal. Algumas estratégias a serem desenvolvidas são a de tabelar um preço mínimo para o extrativismo vegetal de produtos como as castanhas, babaçu, dendê e outros. Com isto o preço mínimo está garantido um preço de reserva, mas os contras são referente a proteção pelas quais os extrativistas podem ficar nas mãos do governo. Políticas ara levantar o preço todos conhecem, lei de mercado da oferta e procura, onde para termos um preço bom para venda de nossa produção devemos estocar o cultivo até a entresafra para obter um preço melhor. Para forçar ainda mais preço o produto deve estar em falta no mercado econômico. Não podemos esquecer que esta técnica eleva o preço para o consumidor e restante da cadeia.
Outro fato importante foi o lançamento de um programa que vai beneficiar produtores ou madereiros de modificar a atual consciência de degradação e devastação da Floresta Amazônica.
Desta forma entrará em vigor um programa que visa valorizar produtores que preservarem e cultivarem novas espécies em todo território Brasileiro.
Outra questão bem importante foi a discussão sobre sustentabilidade ambiental, ou seja, produzir de forma equilibrada, mas que não foi bem esclarecido desta forma, pois todos sabemos que existem hoje profissionais especializados na área de Gestão Ambiental que possibilitam a realidade da produção sustentável. Para isto acontecer, devemos utilizar boas práticas de produção, reciclagem de materiais, utilização de tecnologias limpas e sempre visar o menor impacto e degradação possível, onde em cada atividade devemos adotar políticas de manejo adequado, como por exemplo na Agricultura, uso de plantio direto, insumos e fertilizantes orgânicos, técnicas de controle de erosão, entre outras. Na pecuária, tratamento biológico, rastreabilidade, menor uso de pesticidas, evitar produção em confinamento. Na indústria técnicas de controle de emissão de poluentes, reciclagem da matéria-prima, redução do consumo energético através de novas fontes, técnicas de manejo de efluentes. Na sua casa ou escritório, redução no consumo de água, coleta seletiva de lixo, redução no consumo de papel, cultivo de árvores e culturas hortifrutigrangeiros para melhorar a alimentação e síntese do dióxido de carbono em Oxigênio, entre outras. Visando isto, acredito que posso ter contribuído com a idéia SUSTENTABILIDADE.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Protesto Ecológico!!!!!!!


Venho a demonstrar uma nova forma de Protesto Ecologicamente sustentável. É o "PROTESTO DIGITAL". Este modelo pode alcançar um público alvo maior, pois tem sua via de transferência através da Internet. Reduzindo impacto ambiental da panfletagem, auditivo ou visual, como também economia de energia e recursos vegetais que formam basicamente a sistematização de produção de produtos. Pois bem, mas nem tudo é maravilha, pois para protestar deve ser de forma pacífica, sem ofensas, ética e debate positivo para defender os interesses e agregar valor ao tal.

Se você quer participar de um protesto, filtre bem as informações e verifique qual intenção da ação.

Para isto gostaria de lançar um PROTESTO ECOLÓGICO, quanto as dificuldades que encontramos em poder parar no acostamento da BR-290 e contornar para cruzar a mesma com intuito de ingressar na Universidade Federal do Pampa. Está muito PERIGOSO aquele local e necessitamos urgente ações que levem a estruturação e redução de riscos na entrada da UNIPAMPA. Melhor prevenir do que juntar remediar desgraças. Muitas pessoas utilizam aquele local; alunos, professores e demais funcionários.

Precisamos de um calçamento na estrada de ingresso a Universidade, principalmente ao redor do Campos, que , em dias chuvosos dificultam bastante nossa vida em função do barro que acumula.

Faço meu protesto, com respeito, sem apontar ninguém como culpado. Não existe culpado, mas sim FALTA DE INICIATIVA de relatar publicamente que temos uma necessidade e PRECISAMOS de RECURSOS FINANCEIROS, TÉCNICOS, ETC, para reduzir os RISCOS DE ACIDENTE. Já tive por bem pouco de um acidente naquela região, conforme testemunho de colegas e não temos sequer acostamento para encostar. Estou prevenindo para ninguém passar pela mesma situação que aconteceu comigo.
Tenho esperança que seja melhorado com implantação de um trevo de retorno...mas se ficarmos quietos, ninguém vai saber de nosssas dificuldades...então resolvi relatar o que penso....
Se você pensa como eu, vamos somar forças para lutar por nossos interesses: MELHORIAS EM NOSSA UNIPAMPA para buscar ainda mais elevar o índice de qualidade....são detalhes, mas que fazem a diferença. Obrigado.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Educação Ambiental!!!!


Umas das palavras em ascensão é a famosa "Educação Ambiental".
Acredito que seria muito importante já termos este tipo de consciência, ou pelo menos, conscientizar ás gerações futuras, referente a questão ambiente de qualidade.
O respeito e a preservação deviam ser temas fundamentais a formação de qualquer indivíduo.
Reconhecer nos ecossistemas diferentes ciclos de vida, em que de alguma forma há uma ligação entre as diversidades biológicas.
Eu defendo a criação de um projeto de lei que vise implementar na Educação Fundamental uma disciplina embassada nas questões ambientais, físicas, químicas e biológicas, diferentes ecosistemas e diversidade biológica, práticas de conservação do ambiente e desenvolvimento da consciência ecológica. Levar o tema sustentabilidade ambiental as novas gerações, que nada mais é do que manter o equilíbrio do ambiente. Produzir com âmbito no minímo impacto ambiental.

"Energia Limpa: Tecnologia Fotovoltáica!!!!"











Muito se pensou em novas formas de energia que fossem sustentáveis com o ambiente e que tivessem baixo custo de produção.
Tenho um projeto, registrado e patenteado, denominado "Energia Limpa: Tecnologia Fotovoltaica", que é embassado em muitos conhecimentos sobre a Energia Fotovoltaica.
Este processo é sistematizado através da radiação solar, denominada cientificamente como Fóton(menor porção de energia solar) é transformada, através de células fotovoltaicas, em energia elétrica.
Os fótons são comumente associados com a luz visível, o que só é verdade para uma parte muito limitada do espectro eletromagnético. Toda a radiação eletromagnética é quantizada em fótons. Isto é, a menor porção de radiação eletromagnética que pode existir é um fóton, qualquer que seja seu comprimento de onda, frequência, energia ou momento. Fótons são partículas fundamentais que podem ser criados e destruídos quando interagem com outras partículas, mas é conhecido que decaiam por contra própria.
A partir daí, podemos entender o conceito fotovoltaica.
São sistemas compostos de Células fotoeléctricas ou fotovoltaicas que são dispositivos capazes de transformar a energia luminosa, proveniente do Sol ou de outra fonte de luz, em energia elétrica.
Por não gerar nenhum tipo de resíduo, a célula solar é considerada uma forma de produção de energia limpa, sendo alvo de estudos em diversos institutos de pesquisa ao redor do mundo. A luz solar produz até 1.000 Watts de energia por metro quadrado, o que representa um enorme potencial energético.
Eu continuo aperfeiçoando meus conhecimentos através de pesquisa e num futuro próximo teremos um protótipo a disposição para aprimorar ainda mais nesta ciência.
Tudo depende da questão valores, mas não vamos desistir.

O poder da Revolução Educacional!!!


Podemos observar nestes últimos anos, principalmente em nossa região (fonteira oeste do Rio Grande do Sul) uma reforma cultural de nossos jovens, adultos e até mesmo idosos.
Estamos carentes de boas oportunidades de trabalho, onde muitas famílias ou pessoas buscam uma melhoria em aventuras metropolitanas.
Regiões metropolitanas exigem alto custo financeiro diário, onde muitos deles buscam uma vaga para preencher cargos de nível médio.
A carga horária é sempre alta e o desperdício de tempo é grande para continuar sua renovação educacional.
Quando há presença de centros educacionais, a concorrência é elevada e universidades particulares custam muito dinheiro dentro destas regiões.
Somente obtemos um ambiente favorável ao crescimento profissional quando estamos reciclados pelo ensino superior.
Após completar este ciclo, muitas oportunidades haverão de serem retribuídas ao esforço do aluno Federal.
O conhecimento é a maior riqueza!!!!
A competência aproxima a estabilidade profissional.
A inteligência diferencia e replica oportunidades.
Gostaria de agradecer, sem politicagem, pois não sou a favor nem deste ou outro partido. Defendo apenas o que acredito e no que pode transformar aquilo que tens como quimérico.
Mas gostaria de agradecer ao atual Governo Federal pela chegada da Universidade Federal em nossa região.
É muito importante esta qualificação que cobra apenas um esforço para perpetuar posteriormente seu conhecimento em benefício da comunidade e do universo.
Fazem apenas sete meses que estou desfrutando tamanha disponibilidade de informação, competência de nossos professores, em sua maior parte Doutores naquilo que procriam.
Daqui saíram grandes profissionais, modelos de uma nova oportunidade e modelados por profissionais com currículo internacional.
Agradeço a atenção de todos professores que contribuem diretamente a minha formação.
Agradeço a compreensão e companheirismo de meus colegas.
Tão pouco tempo na federal modificou muito a forma de pensar e agir.
Hoje penso, planejo e a seguir pratico a ação.
Muitas informações começam a explicar questões simples e rotineiras.
Muitos conhecimentos aproximaram minha forma de entender.
A revolução educacional está criando oportunidades futuras e se você está pensando em ultrapassar barreiras, modificar conceitos, venha a se juntar a nós e descubra um mundo fascinante e virtuoso em seu intelecto atual.